GOYN SP: OS RESULTADOS DE UM ANO DE ATUAÇÃO

O programa chegou à cidade de São Paulo em 2020, depois de ser implementado em outras cinco comunidades de seis países. Formou uma ampla coalisão com diferentes atores do ecossistema produtivo do município, desde empresas e instituições até os jovens-potência, foco central das iniciativas. Essa articulação, realizada pela United Way Brasil, marcou o início do trabalho do GOYN SP, apesar de todos os desafios impostos pela pandemia.

Em 2020, a coalisão criou uma agenda comum para o programa e um plano de trabalho colaborativo das áreas prioritárias. Foram mais de 200 horas para a elaboração coletiva das soluções que serão colocadas em prática, a partir de 2021, a fim de transformar a vida dos jovens-potência, garantindo-lhes oportunidades qualificadas de trabalho e de empreendedorismo. Aliás, a crescente relação com as juventudes levou o GOYN SP a se conectar com mais de 200 jovens da periferia da cidade e eleger 20 deles para compor o Núcleo Jovem.

Também consolidou um mapeamento do ecossistema de inclusão produtiva da cidade, realizou dois eventos online sobre o tema e estruturou uma rede colaborativa com mais de 80 organizações, empresas e pessoas que querem fazer a diferença no presente e futuro das juventudes.

O GOYN SP pretende construir ações sistêmicas e sustentáveis que, até 2030, possam integrar 100 mil jovens ao mercado de trabalho, em postos dignos e oportunidades qualificadas, apoiando o desenvolvimento dos diferentes territórios onde as juventudes periféricas vivem. 

Para concretizar esse propósito, o programa traçou indicadores, metas e objetivos que você confere no relatório, assim como todas as vivências, conquistas, soluções e estratégias pensadas nesse primeiro ano para transformar planos e ideias em realidade.

Clique aqui para ler o relatório. Conheça o GOYN SP e junte-se a nós! 

2020: o ano em que juntos pudemos fazer muito mais

Iniciativas inovadoras, adaptações nos programas e ações emergenciais foram algumas das estratégias adotadas pela United Way Brasil para não só manter sua operação ativa como para ampliar a abrangência e o impacto de sua atuação no enfrentamento da crise sanitária.

Os desafios impostos pela pandemia marcaram o cenário do ano que se encerra. A United Way Brasil, junto às empresas e instituições parceiras, atuou para apoiar crianças, jovens e suas famílias a enfrentarem as duras consequências da pandemia. O resultado desse amplo trabalho coletivo e colaborativo está relatado no Relatório de Atividades, recém-lançado pela organização.

“Diante da crise, a equipe da United Way Brasil identificou nesse contexto oportunidades únicas, não só para manter os programas ativos como para ampliá-los e qualificá-los. Para isso, convidou outras organizações e empresas a formarem uma ampla rede, com o objetivo de tecer novas estratégias que atingissem mais pessoas, exercendo seu papel social em um cenário complexo onde os mais vulneráveis foram profundamente impactados. Nosso convite foi aceito e seguimos fortes, juntos e determinados”, relata Orson Rhazes Ledezma Castro, Presidente do Conselho Deliberativo da organização, na mensagem de abertura do relatório.

Ampliação dos programas

Com a adoção do formato virtual, o programa de primeira infância Crescer Aprendendo chegou a quase 3 mil famílias de 12 cidades em 4 estados, levando conteúdos sobre primeira infância para pais e cuidadores e apoio à segurança alimentar. A ampliação deu certo: 97% das famílias participantes avaliaram o programa com notas 5 e 4 (escala de 1 a 5).

Computador e internet foram as ferramentas que uniram os 227 jovens de São Paulo, Pernambuco e Santa Catarina, participantes do programa Competências para a Vida, aos 123 mentores voluntários, colaboradores das empresas associadas da United Way Brasil, que, por meio de reuniões e mentorias virtuais, apoiaram os jovens na definição de metas e do plano de vida para além da pandemia. Na avaliação do programa, 73% dos participantes apontaram que as reuniões e mentorias os ajudaram a pensar no futuro e em metas para além da pandemia.

Também em 2020, a United Way Brasil deu início à implementação, na cidade de São Paulo, do movimento Global Opportunity Youth Network (GOYN), articulando uma ampla rede colaborativa formada por jovens-potência, empresas, instituições e especialistas cujo objetivo é impactar a vida de mais de 700 mil jovens e promover a inclusão produtiva de 100 mil jovens em dez anos. A rede conta com mais de 85 instituições e, conjuntamente, irá implementar protótipos de ações em 2021 para promover essa inclusão.

Voluntariado corporativo e digital

Um dos braços de atuação da United Way Brasil, o voluntariado corporativo apoia as empresas parceiras ao exercício da responsabilidade social, que utilizam recursos e talentos próprios para gerar oportunidades qualificadas a pessoas e comunidades em situação de vulnerabilidade. 

Para realizar esses propósitos, a organização redesenhou os dias Viva Unido Primeira Infância e Viva Unido Juventude, com ações virtuais que reuniram um número maior de colaboradores voluntários e impactaram mais crianças e jovens atendidos pelos programas da United Way Brasil.

No total, as ações envolveram 223 voluntários e beneficiaram cerca de 3 mil crianças e jovens.

Estas e outras realizações da United Way Brasil em 2020 você confere no link do relatório. Antes, porém, fica aqui o nosso convite: vamos juntos em 2021?

Acesse o relatório aqui

United Way Brasil lança seu Relatório Social Bianual 2012-2013

No final do mês de junho, a United Way Brasil lançou a primeira edição de seu Relatório Social Bianual. Nele, a organização apresenta os inúmeros avanços e conquistas experimentados nos anos de 2012 e 2013, além de depoimentos de voluntários e investidores, um resumo detalhado de balanços patrimoniais e a relação de organizações assistidas pelos programas ou projetos da United Way Brasil. Durante o período, cerca de 16 mil pessoas em mais de 20 municípios foram beneficiadas pelos projetos promovidos pela United Way Brasil junto com as empresas parceiras e seus voluntários.

A publicação apresenta ainda detalhes sobre os programas realizados pela UWB, como o da Primeira Infância, que qualifica famílias e professores para cuidar e educar crianças pequenas de forma a que elas possam alcançar seu pleno desenvolvimento, e o projeto de Mentorias, que promove a interação dos jovens com profissionais que atuam no mercado de trabalho.

Andres Lopez, Presidente do Conselho Deliberativo da United Way Brasil, explica que o relatório descreve de forma sucinta os caminhos que a UWB percorreu nos anos de 2012 e 2013, e que ele atua como o primeiro passo para que as pessoas conheçam um pouco do trabalho realizado pela Organização. “Nossos desafios ainda são muito grandes. Temos de buscar soluções locais para questões que preocupam o Brasil desde o Rio Grande do Sul até Manaus. E pregamos o aumento da atuação voluntária e da doação individual entre os brasileiros, um assunto complexo em um país onde a reputação do setor sem fins de lucro ainda é muito frágil”, diz.

Para mais informações e detalhes, o Relatório Social Bianual está disponível aqui.