Implementação do Crescer Aprendendo avança no Ceará

Programa de primeira infância tem como foco o apoio e o trabalho pela mudança de comportamento das famílias envolvidas. O modelo de transferência da metodologia envolve as redes municipais de educação, para que a implementação aconteça nas creches e escolas de educação infantil e de primeiro ano do ensino fundamental.

A United Way Brasil foi convidada a fazer parte de uma coalização entre diversas organizações e o Governo do Ceará para promover ações de primeira infância no Estado. Por meio de seu programa Crescer Aprendendo, famílias e cuidadores têm acesso a conteúdos e práticas que visam fortalecer vínculos e contribuir ao pleno desenvolvimento de crianças de 0 a 6 anos.

Essa solução social já tem nove anos de aplicabilidade em diferentes cidades do País e agora entra na fase da transferência da metodologia para as redes de ensino de municípios do Ceará. No Estado, a implementação do programa começou em Crato e, cada vez mais customizado à realidade cultural cearense, alcançou mais outras oito cidades (Sobral, Juazeiro do Norte, Chaval, Paramoti, Salitre, Itatira, Granja e Viçosa).

Inicialmente estruturado para ser presencial, com apoio de ferramentas digitais, o programa acabou sendo redesenhado para a versão 100% digital durante a pandemia. No entanto, a expectativa é de que, no médio prazo e com a situação normalizada, volte ao seu formato original, promovendo as interações das famílias no espaço da escola, com a orientação dos profissionais da educação, e reforço de conteúdos e trocas por meio do WhatsApp.

Metas e métodos

O programa, no Ceará, tinha como meta beneficiar 3.800 famílias em 2021. Em pouco mais de seis meses, esses números foram superados e já são mais de 4,2 mil famílias que aderiram e recebem, via WhatsApp, informações, dicas e orientações qualificadas sobre os cuidados com a criança pequena, por meio de vídeos, cards, áudios, textos e interações e lives com especialistas.

A metodologia tem como objetivo fomentar mudanças reais de comportamento para que a parentalidade seja responsiva e positiva, combatendo todo o tipo de negligência contra as crianças. 

Os temas estão relacionados aos marcos do desenvolvimento infantil, mas, também, focam no bem-estar de quem cuida, ou seja, abordam as questões emocionais de pais e responsáveis, aspectos que interferem na estrutura familiar e que tomaram novas proporções diante da crise instalada pela Covid-19.

Para que a transferência da metodologia do programa aconteça com o sucesso esperado, apostou-se na promoção do amplo diálogo com a Secretaria Estadual de Educação, as Coordenações Regionais de Educação e as Secretarias Municipais de Educação. As escolas, cenários da interlocução com as famílias, mantêm a mediação prevista na metodologia. Mas a interação não para por aí: o programa gera demandas nos grupos das famílias que são endereçadas a outras instâncias da gestão municipal. Um exemplo desse trabalho intersetorial foi o de uma avó participante. Ela estava com depressão e procurou a escola pelo WhatsApp. A escola, por sua vez, acionou a psicóloga do programa, que encaminhou a demanda à rede de apoio do município.

Formações e customização de material pedagógico

A transferência da prática do programa é dinâmica, já que o Crescer Aprendendo, nos moldes atuais e focado na realidade regional, vem sendo construído e testado no dia a dia a partir de uma base metodológica consagrada e reconhecida pela sua eficiência e por resultados robustos.

Professores e gestores das redes municipais das nove cidades, envolvidos com a educação infantil, receberam capacitação inicial e online de 15 horas para se apropriarem do método. O protagonismo da educação do Estado confere ao programa a indicação de pontos focais nos entes relacionados à educação estadual e do município, interlocutores na gestão do programa com a United Way Brasil. As escolas realizam a gestão dos atuais 92 grupos no WhatsApp, compartilhando os conteúdos disponibilizados pelo programa, interagindo com pais e responsáveis e monitorando os resultados, captados pelas conversas e demandas que surgem entre os participantes. Situações mais complexas são discutidas com a equipe da United Way Brasil e a psicóloga do programa.

Para atender a realidade das famílias, o programa contratou uma consultoria, formada por psicóloga e enfermeira locais e pedagoga com experiência no tema, para analisar e adaptar o material de formação de professores e gestores das escolas e secretarias. Chamado de linha-guia, o material pedagógico traz a cultura, a linguagem e a realidade social regional para os temas de primeira infância, o que favorece uma escuta e um diálogo adequados com as famílias.

Também foi elaborado um sistema de monitoramento. “Fazemos um acompanhamento semanal com base nos registros realizados pelos pontos focais e com instrumentos que alimentam um dashboard do programa para analisar, no dia a dia, situações que podem ser ajustadas ou fortalecidas”, explicou Naiara Martins, analista da equipe do Crescer Aprendendo. 

O programa está se estruturando para influir e fortalecer políticas públicas que tragam benefícios às crianças e possam contribuir cada vez mais com pais e responsáveis para que fortalecem o seu papel no desenvolvimento integral de seus filhos e filhas.

– Conheça o programa Crescer Aprendendo: https://unitedwaybrasil.org.br/o-que-fazemos/nossos-programas/crescer-aprendendo/
– Navegue na plataforma Crescer Aprendendo Digital, uma curadoria de conteúdos relacionados aos primeiros anos de vida:  https://unitedwaybrasil.org.br/crescer-aprendendo-digital/
– Invista na primeira infância, levando essa causa para a sua empresa. Acesse este guia e saiba como: https://empresaseprimeirainfancia.com.br/